Memória Ibíense – Temporada 1978

No imaginário do torcedor moldou-se a imagem de que quando um time vai muito mal, ainda assim é melhor que o Íbis, consagrado neste mesmo imaginário como nada mais que o “Pior Time do Mundo”. Pois muito dessa imagem nasceu no final da década de 70, quando o clube se consolidou como um verdadeiro saco de pancadas no campeonato pernambucano.

No imaginário do torcedor moldou-se a imagem de que quando um time vai muito mal, ainda assim é melhor que o Íbis, consagrado neste mesmo imaginário como nada mais que o “Pior Time do Mundo”. Pois muito dessa imagem nasceu no final da década de 70, quando o clube se consolidou como um verdadeiro saco de pancadas no campeonato pernambucano.

Izan Müller da Silva, torcedor e pesquisador do Brasil de Pelotas, rubronegro de grande tradição e prestígio aqui no Rio Grande do Sul, resolvei passar essa história do rubronegro pernambucano a limpo. Como aqueles observadores de pássaros que a gente vê em documentários, passou então a observar com todo o carinho os voos do Pássaro Preto do Recife, coletou e catalogou muitas das campanhas do clube e agora aqui no Alfarrábios do Futebol, damos início a exposição do seu trabalho, denominado Memória Ibíense, começando pela temporada de 1978, onde embora algumas lacunas cuidadosamente explicadas, podemos acompanhar um pouco da participação do Íbis nas competições oficiais desta temporada.

Finalizo agradecendo e parabenizando o Izan Müller pela pesquisa e pelo resultado que estará logo abaixo para a apreciação de você visitante. Fica o convite para que se você tem como ajudar, preenchendo alguma dessas lacunas, se conhece algum ex-atleta ou tem algo a nos informar, que entre em contato, fala com gente, vamos dentro do possível melhorar e tornar mais visível a história deste simpático e querido clube.

Pesquisa e Organização: Izan Müller da Silva

Participação na Temporada 1978

As fichas técnicas

Torneio IncentivoTaça Aldo Pinho Alves

Torneio Início

Campeonato Pernambucano

O Plantel

AURINO Camara de Albuquerque (Meia, 04/03/1945 , Jaboatao dos Guararapes, PE)
Edvaldo MARCONE Lopes Leite (Lateral Direito, 01/01/1960, Recife, PE)
OMAR Jose Alves Ramos (Meia, 01/03/1956A, Recife, PE)
Ozir Jose Vieira Ramos JÚNIOR (Meia, 27/12/1956A, Recife, PE)

Atletas Não Identificados: Adilio (Meia), Adilson (Atacante), Baú (Meia), Bira (Defesa), Canito (Defesa), Carlinhos (Meia), Carnaval (Goleiro), Champion (Lateral Direito), Chibata (Defesa), Chico (Atacante), Cidinho (Defesa), Clovis (Atacane), Dario (Atacante), Dino (Meia), Diva (Atacante), Eloi (Meia), Eudes (Goleiro), Everaldo Xavier (Atacante), Fael (Atacante), França (Meia), Gago (Goleiro), Genario (Atacante), Gilvan (Meia), Jonas (Atacante), Jorge Gaucho (Defesa), Jorge Gorila (Defesa), Jorge Luis (Defesa), Levi (Lateral Direito), Limas (Atacante), Lula (Goleiro), Mario (Meia), Negola (Goleiro), Pedrinho I (Meia), Pedrinho II (Atacante), Poquito (Defesa), Sabara (Defesa), Silva (Meia), Wilson (Meia), Ze Carlos (Atacante), Zezinho (Meia), Zito (Meia)

Técnicos em 1978: Pedrinho, João Martins (João Grandão) e Nereu Pinheiro

Almanaque Esportivo do Rio Grande do Sul – Amaro Júnior 1955

O Almanaque Amaro Júnior foi uma importante publicação entre os anos 40 e 50 no século XX, nele era possível ter um resumo de todas as modalidades esportivas no Rio Grande do Sul no decorrer de uma temporada. Abaixo seguem as páginas referentes as disputas de futebol publicadas na edição de 1955, com dados referentes as disputas de 1954.

O Almanaque Amaro Júnior foi uma importante publicação entre os anos 40 e 50 no século XX, nele era possível ter um resumo de todas as modalidades esportivas no Rio Grande do Sul no decorrer de uma temporada. Abaixo seguem as páginas referentes as disputas de futebol publicadas na edição de 1955, com dados referentes as disputas de 1954.

Almanaque Esportivo do Rio Grande do Sul – Amaro Júnior 1954

O Almanaque Amaro Júnior foi uma importante publicação entre os anos 40 e 50 no século XX, nele era possível ter um resumo de todas as modalidades esportivas no Rio Grande do Sul no decorrer de uma temporada. Abaixo seguem as páginas referentes as disputas de futebol publicadas na edição de 1954.

O Almanaque Amaro Júnior foi uma importante publicação entre os anos 40 e 50 no século XX, nele era possível ter um resumo de todas as modalidades esportivas no Rio Grande do Sul no decorrer de uma temporada. Abaixo seguem as páginas referentes as disputas de futebol publicadas na edição de 1954, com dados referentes as disputas de 1953.

Almanaque Colorado – Alessandro Moraes

O Almanaque Colorado, Cem Anos de Glória é uma obra idealizada e construída pelo pesquisador Alessandro Moraes, falecido em 2020. Sem dúvida um grande trabalho de amor e paciência para com o seu time do coração, servindo para muitos como um guia sobre a história e os jogos do Sport Club Internacional. Esse post é uma forma de manter viva a memória Que o esforço e a dedicação do autor, bem como uma homenagem e uma forma de proporcionar que mais pessoas possam visitar e apreciar sua obra. Fica o agradecimento ao Izan Muller pela disponibilização do material.

O Almanaque Colorado, Cem Anos de Glória é uma obra idealizada e construída pelo pesquisador Alessandro Moraes, falecido em 2020. Sem dúvida um grande trabalho de amor e paciência para com o seu time do coração, servindo para muitos como um guia sobre a história e os jogos do Sport Club Internacional. Esse post é uma forma de manter viva a memória Que o esforço e a dedicação do autor, bem como uma homenagem e uma forma de proporcionar que mais pessoas possam visitar e apreciar sua obra. Fica o agradecimento ao Izan Muller pela disponibilização do material.